Assine VEJA por R$2,00/semana
Imagem Blog

Augusto Nunes Materia seguir SEGUIR Seguindo Materia SEGUINDO

Por Coluna
Com palavras e imagens, esta página tenta apressar a chegada do futuro que o Brasil espera deitado em berço esplêndido. E lembrar aos sem-memória o que não pode ser esquecido. Este conteúdo é exclusivo para assinantes.
Continua após publicidade

O teste das quatro declarações reprova as duas seitas inimigas

Declarações absurdas de Lula são endossadas por radicais que veneram o Mito

Por Augusto Nunes Atualizado em 11 mar 2019, 17h07 - Publicado em 11 mar 2019, 16h33

Perguntei a um devoto de Lula e a um bolsonarista radical se está qualificado para ocupar a Presidência da República alguém que tenha feito as quatro declarações seguintes:

  1. “Uma mulher não pode ser submissa ao homem por causa de um prato de comida. Tem que ser submissa porque gosta dele”.
  2. “Veja, eu não tenho preconceito não. O cara que chamam de homossexual, no nosso meio a gente chama de veado mesmo”.
  3. “Feminismo? Eu acho que é coisa de quem não tem o que fazer”.
  4. “O Hitler, mesmo errado, tinha aquilo que eu admiro num homem: o fogo de se propor a fazer algo e tentar fazer”.

Quem diz esses absurdos não pode ser sequer síndico do prédio onde mora, disse o militante petista. Essas coisas comprovam que Bolsonaro não está preparado para governar o Brasil.

Essas afirmações traduzem o que pensa a maioria dos brasileiros, disse o eleitor do Mito. A extrema imprensa publica essas frases porque os jornalistas são comunistas e tentam o tempo todo prejudicar o presidente da República.

Os dois se recolheram ao silêncio quando informei que as quatro declarações foram feitas por Lula.

Publicidade

Matéria exclusiva para assinantes. Faça seu login

Este usuário não possui direito de acesso neste conteúdo. Para mudar de conta, faça seu login

Domine o fato. Confie na fonte.

10 grandes marcas em uma única assinatura digital

MELHOR
OFERTA

Digital Completo
Digital Completo

Acesso ilimitado ao site, edições digitais e acervo de todos os títulos Abril nos apps*

a partir de R$ 2,00/semana*

ou
Impressa + Digital
Impressa + Digital

Receba Veja impressa e tenha acesso ilimitado ao site, edições digitais e acervo de todos os títulos Abril nos apps*

a partir de R$ 39,90/mês

*Acesso ilimitado ao site e edições digitais de todos os títulos Abril, ao acervo completo de Veja e Quatro Rodas e todas as edições dos últimos 7 anos de Claudia, Superinteressante, VC S/A, Você RH e Veja Saúde, incluindo edições especiais e históricas no app.
*Pagamento único anual de R$96, equivalente a R$2 por semana.

PARABÉNS! Você já pode ler essa matéria grátis.
Fechar

Não vá embora sem ler essa matéria!
Assista um anúncio e leia grátis
CLIQUE AQUI.