Clique e Assine a partir de R$ 19,90/mês
Augusto Nunes Por Coluna Com palavras e imagens, esta página tenta apressar a chegada do futuro que o Brasil espera deitado em berço esplêndido. E lembrar aos sem-memória o que não pode ser esquecido. Este conteúdo é exclusivo para assinantes.

Bendine x Lula: Cobra vai contar o que sabe da Jararaca

Duelo de répteis: o ex-presidente do BB e da Petrobras resolveu enfrentar o ex-presidente da República

Por Augusto Nunes Atualizado em 31 jul 2017, 20h49 - Publicado em 31 jul 2017, 18h34

Aldemir Bendine foi multado pela Receita Federal por não conseguir comprovar a origem de R$ 280 mil. Foi investigado por ter ordenado a seu motorista que transportasse pequenas fortunas em dinheiro vivo. E, entre tantas outras patifarias, facilitou um financiamento milionário para que a socialite Val Marchiori, amiga íntima e companheira de viagens com cara de lua-de-mel, comprasse um Porsche de parar o trânsito.

Nada disso impediu que Bendine, nomeado por Lula e mantido por Dilma Rousseff, ocupasse durante seis anos a presidência do Banco do Brasil. O padrinho cumprimentou-se mais de uma vez pela escolha. “O banco nunca foi comandado com tanta competência”, garantiu em vários comícios. Lula sempre gostou de instalar em cargos de alta relevância gente cuja biografia parece prontuário.

Quando Graça Foster teve de sair às pressas do comando da Petrobras, Lula sugeriu a Dilma que transferisse o amigo que chama de “Dida” para a presidência da estatal em avançado estado de decomposição. Presenteada com um segundo galinheiro, a raposa de estimação só poderia ter feito o que fez — até ouvir as batidas na porta que anunciam a chegada da Polícia Federal.

Conhecido na Odebrecht pelo codinome Cobra, Bendine tem muito a contar: os milhões que recebeu da empreiteira são só o abre-alas do desfile de propinas de grosso calibre. Neste fim de semana, descobriu em Curitiba que o caminho que leva para longe de uma demorada temporada na cadeia começa pela delação premiada. Não é pouco o que Dida sabe de Lula. A Jararaca terá de enfrentar uma cobra que levou o bote da Lava Jato.

Continua após a publicidade


Publicidade

Essa é uma matéria exclusiva para assinantes. Se já é assinante, entre aqui. Assine para ter acesso a esse e outros conteúdos de jornalismo de qualidade.

Essa é uma matéria fechada para assinantes e não identificamos permissão de acesso na sua conta. Para tentar entrar com outro usuário, clique aqui ou adquira uma assinatura na oferta abaixo

Informação de qualidade e confiável, a apenas um clique. Assine VEJA.

Impressa + Digital

Plano completo da VEJA! Acesso ilimitado aos conteúdos exclusivos em todos formatos: revista impressa, site com notícias 24h e revista digital no app, para celular e tablet.

Colunistas que refletem o jornalismo sério e de qualidade do time VEJA.

Receba semanalmente VEJA impressa mais Acesso imediato às edições digitais no App.

a partir de R$ 39,90/mês

Digital

Plano ilimitado para você que gosta de acompanhar diariamente os conteúdos exclusivos de VEJA no site, com notícias 24h e ter acesso a edição digital no app, para celular e tablet.

Colunistas que refletem o jornalismo sério e de qualidade do time VEJA.

Edições da Veja liberadas no App de maneira imediata.

a partir de R$ 19,90/mês