Clique e Assine a partir de R$ 19,90/mês
Augusto Nunes Por Coluna Com palavras e imagens, esta página tenta apressar a chegada do futuro que o Brasil espera deitado em berço esplêndido. E lembrar aos sem-memória o que não pode ser esquecido. Este conteúdo é exclusivo para assinantes.

1 Minuto com Augusto Nunes: Para surfar a onda antipetista, Marta rompe com a seita mas segue ajoelhada no altar de Lula

Em maio de 2010, a coluna comentou a declaração feita por Marta Suplicy num debate com Gilberto Kassab: “Eu tenho muito orgulho das pessoas com quem eu ando”. Um trecho do post registrou que, em 2003 e 2004, Delúbio Soares e sua mulher Mônica Valente haviam festejado a virada do ano hospedados numa casa no […]

Por Augusto Nunes Atualizado em 31 jul 2020, 02h20 - Publicado em 13 jan 2015, 18h40

http://videos.abril.com.br/veja/id/4b1922934f4072456c144bc71c70a1e2?

Em maio de 2010, a coluna comentou a declaração feita por Marta Suplicy num debate com Gilberto Kassab: “Eu tenho muito orgulho das pessoas com quem eu ando”. Um trecho do post registrou que, em 2003 e 2004, Delúbio Soares e sua mulher Mônica Valente haviam festejado a virada do ano hospedados numa casa no Guarujá alugada por Marta e Luis Favre. E perguntou se a declarante continuava andando com o gatuno que acabou na cadeia por ter chefiado simultanente a tesouraria do PT e a diretoria financeira da quadrilha do mensalão.

Um texto oportuníssimo do meu irmão Ricardo Setti lembra alguns episódios que Marta testemunhou com a arrogância de quatrocentona e a placidez inconfundível do comparsa. Ela sempre fez de conta que as vestais com hímen complacente não haviam caído na vida (e adorado a farra no bordel). Sempre contracenou sem remorsos com mensaleiros, sanguessugas, aloprados, vigaristas, corruptos, gatunos companheiros ou da base alugada. Nunca faltaram bandidos sem cura no clube dos amigos de Marta Teresa Smith de Vasconcellos Suplicy.

A iminente ruptura com a seita, contudo, não abalou a fé no seu único deus. Uma convertida ao antipetismo que segue acreditando em Lula é tão convincente quanto um carola de carteirinha que abjura o catolicismo, declara-se ateu de queimar igreja mas continua fazendo pedidos a Nossa Senhora Aparecida e promessas a todos os santos.

Continua após a publicidade

Publicidade

Essa é uma matéria exclusiva para assinantes. Se já é assinante, entre aqui. Assine para ter acesso a esse e outros conteúdos de jornalismo de qualidade.

Essa é uma matéria fechada para assinantes e não identificamos permissão de acesso na sua conta. Para tentar entrar com outro usuário, clique aqui ou adquira uma assinatura na oferta abaixo

Informação de qualidade e confiável, a apenas um clique. Assine VEJA.

Impressa + Digital

Plano completo da VEJA! Acesso ilimitado aos conteúdos exclusivos em todos formatos: revista impressa, site com notícias 24h e revista digital no app, para celular e tablet.

Colunistas que refletem o jornalismo sério e de qualidade do time VEJA.

Receba semanalmente VEJA impressa mais Acesso imediato às edições digitais no App.

a partir de R$ 39,90/mês

Digital

Plano ilimitado para você que gosta de acompanhar diariamente os conteúdos exclusivos de VEJA no site, com notícias 24h e ter acesso a edição digital no app, para celular e tablet.

Colunistas que refletem o jornalismo sério e de qualidade do time VEJA.

Edições da Veja liberadas no App de maneira imediata.

a partir de R$ 19,90/mês