Clique e Assine por apenas R$ 0,50/dia

World Trade Center passa a ser prédio mais alto de Nova York

Por Por Brigitte Dusseau Atualizado em 6 Maio 2016, 16h38 - Publicado em 30 abr 2012, 17h59

A torre 1WTC, antes conhecida como ‘Freedom Tower’ ou ‘Torre da Liberdade’, em construção na área dos atentados do 11 de setembro de 2001, tornou-se nesta segunda-feira o arranha-céu mais alto de Nova York, superando o famoso Empire State Building.

Os funcionários colocaram uma coluna de aço na parte superior do arranha-céu, que terminará de ser construído no final de 2013, tornando sua altura total maior que os 381 metros da plataforma de observação do Empire State Building.

Os nova-iorquinos esperavam com impaciência este momento simbólico desde a colocação da pedra fundamental em abril de 2006.

A Autoridade Portuária de Nova York, proprietária do local, anunciou “um marco importante na construção do One World Trade Center”, certificando que o edifício agora “supera a altura do Empire State Building, que atualmente é a estrutura mais alta em Nova York”.

A torre 1WTC (One World Trade Center), que já é um ponto de referência no horizonte da cidade, será ainda mais alta quando estiver terminada no final do próximo ano. A altura final da torre de 104 andares será de 541,3 metros ou 1.776 pés, cifra simbólica da Independência dos Estados Unidos.

Não só fará o Empire State Building, uma obra prima da década de 1930, parecer um anão, como também será mais alta que as Torres Gêmeas, destruídas durante os ataques terroristas de 11 de setembro de 2001, que deixaram quase 3.000 mortos.

O edifício mais alto do mundo continuará sendo a torre Burj Dubai em Dubai, que mede 828,1 metros, mas o One World Trade Center será o mais alto do hemisfério ocidental.

Continua após a publicidade

Apesar de os titânicos trabalhos para recuperar a área onde já estiveram as Torres Gêmeas, conhecida como Ground Zero (Marco Zero), estarem chegando ao fim, o projeto não esteve livre de problemas: bilhões de dólares em custos que superaram o planejado, atrasos, disputas sobre o projeto e preocupações sobre a rentabilidade do novo edifício de escritórios, entre outros.

Contudo, o prefeito Michael Bloomberg enfatizou o lado positivo da obra, destacando a relação da cidade com uma arquitetura exigente.

“O horizonte da cidade de Nova York está, uma vez mais, se elevando a novas alturas”, disse Bloomberg. “Os últimos avanços no World Trade Center são um testemunho da força e da determinação dos nova-iorquinos e de nossa crença em uma cidade que sempre vai mais alto”.

“Hoje nossa cidade conta com um novo edifício mais alto e um novo sentido de nosso radiante futuro”, disse Bloomberg.

A Torre 1WTC está sendo construída na parte noroeste do local devastado há uma década, próxima ao monumento em comemoração aos mortos nos atentados.

É visível a vários quilômetros, até a torre de controle do aeroporto de La Guardia. No momento, há paredes de vidro até o 70º andar e pisos de concreto até o 87º andar, de acordo com a Autoridade Portuária de Nova York.

A Torre 1WTC, cujas normas de segurança são particularmente exigentes, terá 240.000 m2 de escritórios.

No começo de sua construção foi batizada como ‘Torre da Liberdade’, mas seus responsáveis insistem há três anos que seu nome é “1WTC”.

Continua após a publicidade
Publicidade