Clique e Assine por somente R$ 2,50/semana

Virologista: Morcegos têm mais coronavírus que podem nos infectar

Especialista chinesa alerta para perigos de novas pandemias que podem surgir

Por Sabrina Brito 5 dez 2020, 12h31

Uma importante virologista da China, chamada Shi Zhengli, fez recentemente um alerta para a comunidade global. De acordo com ela, há morcegos voando por aí (especialmente no sul da Ásia) que carregam outros tipos de coronavírus que podem afetar o ser humano.

O anúncio foi feito durante uma conferência virtual que reuniu autoridades e agentes da OMS. Shi Zhengli trabalha no Instituto de Virologia de Wuhan, responsável por ter detectado os primeiros casos de contágio pelo SARS-CoV-2.

Na opinião da cientistas, não basta varrer a China em busca de transmissores do vírus, sendo essencial procurá-los em diversos países ao sul do continente asiático. Shi e sua equipe já haviam publicado em outubro um artigo em que revelavam a existência de outros coronavírus que podem ser perigosos para o homem.

É importante lembrar que, pelo menos neste momento, é possível que a primeira transmissão do vírus não tenha ocorrido na China ou nem mesmo contado com a participação de morcegos. É justamente por causa dessa incerteza que a especialista chinesa aponta para a importância de se estudar vários locais e animais da região.

Ainda assim, há virologistas que acreditam firmemente no papel da China para o contágio mundial, sugerindo que o foco dos estudos permaneça sobre esse país. Atualmente, muitos grupos de pesquisa pelo planeta pesquisam as condições que tornaram possível a passagem do SARS-CoV-2 para o ser humano, com o objetivo de entender o suficiente sobre ele para evitar novas pandemias.

Continua após a publicidade
Publicidade