Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Tufão Nesat causa a morte de sete pessoas nas Filipinas

O tufão Nesat, que chegou nesta terça-feira à região costeira das Filipinas, fez pelo menos sete mortos e provocou inundações e cortes de energia na capital do país, informou o governo.

Os filipinos enfrentam todos os anos várias tempestades e muitos tufões. O Nesat é um dos maiores de 2011 até o momento.

“Esta tempestade é particularmente intensa. As chuvas são violentas e os ventos muito fortes. Rios se deslocaram de seus leitos e operações de evacuação são realizadas em várias regiões”, declarou o chefe da Defesa Civil Benito Ramos.

A Defesa Civil confirmou a morte de sete pessoas, quatro em Manila no desabamento de um prédio. Um bebê foi levado pela correnteza de um rio na segunda-feira à noite no leste doo país.

Muitos bairros de Manila, que possui 12 milhões de habitantes, foram inundados com o aumento do nível das águas de mais de um metro. Uma das zonas mais afetadas é o bairro histórico da baía, onde uma das avenidas de maior circulação da capital, o Boulevard Roxas, foi fechado.

As escolas e estabelecimentos do governo em Manila e nas proximidades estão fechados, enquanto dezenas de vôos internos e internacionais no aeroporto de Manila foram cancelados.

A Bolsa de Manila suspendeu suas operações e o tráfego ferroviário da capital também foi parado, seguido por cortes de eletricidade que afetaram um terço da capital.

Nesat atingiu o nordeste da ilha de Luçon – principal ilha do arquipélago – nesta terça-feira ao amanhecer com ventos de 140km que podem chegar a 170km/h.

Segunda-feira, mais de 100.000 pessoas foram evacuadas nas cinco cidades da província de Albay, expostas a deslizamentos de terra e inundações.