Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Tornados deixam 4 mortos no estado americano de Indiana

Washington, 2 mar (EFE).- Os tornados que castigam seis estados do meio-oeste e o sul dos Estados Unidos deixaram nesta sexta-feira quatro mortos em Indiana, confirmou à Agência Efe o porta-voz do Departamento de Segurança do governo local, John Erickson.

No total, foram pelo menos 19 tornados que causaram vítimas e fizeram estragos materiais nos estados do Tennessee, Kentucky, Indiana, Ohio, Mississipi e Alabama.

As autoridades advertiram que a situação meteorológica vai piorar com o passar das horas, durante a noite e madrugada, à medida que as tempestades se deslocam rumo ao norte.

A Agência de Emergências do Alabama informou sobre seis feridos no condado de Madison, no norte do estado, que foram transferidos a um hospital local.

No Tennesse, na área de Chattanooga, o prefeito Jim Coppinger falou na ‘CNN’ sobre ‘dúzias de feridos’, mas a agência estadual de emergências não dispõe ainda de dados oficiais, disse à Agência Efe um porta-voz local.

Nos estados de Ohio, Kentucky, Indiana e Mississipi, várias fortes tempestades e tornados afetam o território desde quarta-feira pela instabilidade meteorológica. Nesta sexta-feira, foram ativados novos planos de emergência.

No Alabama, as autoridades também destacaram em comunicado graves danos materiais em áreas do norte e de algumas casas parcial ou totalmente devastadas. Por isso, o governador ativou na manhã desta sexta-feira o Centro de Operações de Emergência.

Os tornados destruíram o teto de uma prisão de segurança máxima no norte do estado, onde as autoridades estaduais disseram ter a situação ‘sob controle’, e provocaram danos materiais em uma escola, além de dezenas de imóveis.

As áreas das cidades de Meridianville e Athens, no norte do Alabama, sofreram com a passagem de um tornado na manhã desta sexta-feira, que causou danos em várias casas, informou a emissora local ‘WBRC’.

Os condados do norte do Alabama habilitaram instituições sociais e igrejas para abrigar os moradores, especialmente durante a tarde e a noite desta sexta-feira, para quando se espera que a chuva e o vento se intensifiquem ainda mais. EFE