Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Sonda da Nasa se aproxima do planeta anão Ceres nesta sexta-feira

Lançada em setembro de 2007, a sonda Dawn visitou o asteroide Vesta entre 2011 e 2012, capturando imagens detalhadas dele

A sonda Dawn, da Nasa, vai entrar na órbita do planeta anão Ceres nesta sexta-feira, após mais de sete anos viajando pelo espaço. “Dawn está prestes a fazer história. Nossa equipe está pronta e ansiosa para descobrir o que Ceres nos reserva”, disse Robert Mase, diretor de projetos da missão, em comunicado no site da agência espacial americana.

A sonda começou a se aproximar do planeta anão em dezembro. Desde 25 de janeiro, ela tem enviado as fotografias de melhor resolução já feitas de Ceres, e a qualidade continua aumentando à medida que a distância diminui. Imagens recentes mostram crateras e pontos brilhantes ainda não desvendados pelos cientistas.

Leia também:

Os eventos astronômicos imperdíveis de 2015

Ceres foi identificado pela primeira vez em 1801, pelo astrônomo italiano Giuseppe Piazzi. À medida que mais objetos foram encontrados naquela região do espaço, os corpos celestes passaram a ser categorizados como asteroides. Em 2006, cientistas finalmente classificaram Ceres como planeta anão, ao lado de Plutão e Eris.

O planeta anão tem diâmetro de 950 quilômetros e sua massa é composta em 25% por água. Nomeado em homenagem à deusa grega da agricultura, suas crateras receberão nomes de divindades do cultivo e da vegetação da mitologia e de festivais de agricultura.

Missão – Lançada em setembro de 2007, a sonda Dawn visitou o asteroide Vesta entre 2011 e 2012, capturando imagens detalhadas dele. Vesta e Ceres estão entre Marte e Júpiter, no principal cinturão de asteroides do Sistema Solar. “Os dois objetos estavam no caminho de se tornarem planetas, mas seu desenvolvimento foi interrompido pela gravidade de Júpiter. Por isso eles são como fósseis do nascimento do Sistema Solar e podem trazer informações sobre sua origem”, afirma Carol Raymond, pesquisadora da Nasa.

(Da redação)