Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Robô Curiosity volta a funcionar após falha

A sonda ficou inativa por dois dias, como medida de precaução por uma falha no sistema

O robô americano Curiosity voltou a funcionar normalmente sobre a superfície de Marte nesta terça-feira, de acordo com a agência espacial Nasa. A sonda ficou inativa por dois dias, como medida de precaução por uma falha no sistema e deve retomar suas tarefas científicas em breve.

Os engenheiros diagnosticaram o problema no software que deteve o funcionamento do sistema desde o dia 16 de março e afirmam saber como evitar que este erro se repita. A Nasa realizará alguns testes antes de reativar as atividades do robô em solo marciano.

“Calculamos que retomaremos as análises de amostras de rochas até o final da semana”, afirmou Jennifer Trosper, uma das responsáveis pela missão Curiosity no laboratório da Nasa em Pasadena, na Califórnia.

O dispositivo já teve um problema com a memória de um de seus computadores no dia 28 de fevereiro, o que ativou o computador de emergência.

Leia também:

Falha no Curiosity interrompe investigações em Marte

Pausa estratégica – Ainda de acordo com o comunicado da Nasa, as próximas atividades incluem a preparação para uma interrupção na transmissão de comandos para o Curiosity durante a maior parte de abril, quando Marte passará por trás do Sol, na perspectiva da Terra. A pausa será uma medida de precaução contra uma possível interferência do Sol na transmissão dos comandos, o que pode prejudicar o sistema.

Curiosity – O robô já cumpriu seu principal objetivo: a Nasa anunciou no dia 12 de março que análises minerais do interior de uma rocha demonstraram que Marte pode ter abrigado vida microbiana no passado.

O Curiosity é o robô mais sofisticado enviado até agora a outro planeta, com dez instrumentos científicos a bordo. Em agosto de 2012, a sonda pousou sobre a cratera de Gale para uma missão de exploração de ao menos dois anos.

(Com Agência France-Presse)