Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Revista “Science” elege molécula que edita DNA como o maior avanço científico de 2015

A seleção anual das 10 maiores novidades da ciência é feita por editores do periódico

O periódico científico Science elegeu o avanço da ciência mais importante de 2015: a CRISPR. Essa molécula possibilita que partes do genoma sejam recortadas, deletadas e substituídas como se fossem arquivos digitais de computadores para alterar o DNA de determinado organismo. Outras nove realizações científicas também foram escolhidas pela revista. O resultado das vitoriosas foi publicado na edição desta semana da publicação.

Leia também:

Nobel de Química 2015 premia trio por pesquisa sobre reparo do DNA ​

Pesquisa com neutrinos premiada por Nobel de Física ajuda a desvendar os fundamentos do Universo

A seleção anual dos dez avanços científicos mais importantes do ano é feita por editores do periódico Science. Para os profissionais, a molécula CRISPR – possibilita que partes do genoma sejam recortadas, deletadas e substituídas como se fossem arquivos digitais de computadores para alterar o DNA de determinado organismo – foi a grande vencedora da disputa. O procedimento já foi usado na edição de genes de embriões humanos e também na criação dos primeiros macacos geneticamente modificados.

No entanto, após selecionarem os dez avanços vitoriosos, a Science pediu ajuda para seus leitores e para alguns cientistas para estabelecerem a ordem dos escolhidos. De acordo com o periódico, para os entrevistados, apenas um advento ficou acima da molécula CRISPR: o estudo científico realizado pela sonda New Horizons em Plutão.

Confira a lista dos dez avanços científicos mais importantes de 2015, de acordo com a ordem escolhida pelos leitores e cientistas:

(Da redação)