Clique e Assine a partir de R$ 19,90/mês

Restos de nove neandertais são encontrados em caverna italiana

Arqueólogos acreditam que a maioria foi morta por hienas e arrastada até o local

Por Sabrina Brito 10 Maio 2021, 12h22

Arqueólogos italianos descobriram os restos de nove neandertais (sete homens, uma mulher e uma criança) em uma caverna ao sul de Roma. De acordo com os especialistas, eles foram caçados, arrastados e comidos por hienas em seu covil, a cerca de cem quilômetros da capital italiana.

Entre os restos encontrados, estavam mandíbulas quebradas e pedaços de crânio. Análises mostraram que os neandertais não eram todos da mesma época: alguns têm entre 50 e 68 mil anos, enquanto outros são de cem mil anos atrás.

Além dos neandertais, foram descobertos vestígios de rinocerontes, veados gigantes, cavalos selvagens e hienas. Estes últimos tinham o costume de caçar seres humanos — especialmente os vulneráveis, como os doentes e os mais velhos.

Neandertais são considerados os ancestrais mais próximos do Homo sapiens. Eles habitaram a Eurásia de 400 mil a 40 mil anos atrás, chegando a conviver com o homem moderno, mas desaparecendo lentamente depois que o Sapiens se estabeleceu na região.

Continua após a publicidade
Publicidade