Clique e Assine por somente R$ 2,50/semana

Registrada a temperatura mais alta da história da Península Antártica

Região alcançou temperatura de 18,3 graus Celsius

Por Sabrina Brito Atualizado em 7 fev 2020, 18h24 - Publicado em 7 fev 2020, 17h39

A base de Esperanza, no norte da Península Antártica, registrou na quinta-feira (6) a temperatura mais alta de sua história, de acordo com comunicado da Organização Meteorológica Mundial (OMM). Os termômetros no Polo Sul atingiram os 18,3 graus Celsius — 0,8ºC mais quente do que o recorde anterior.

De acordo com os cientistas, a ideia principal é de que o aquecimento global seja responsável pelo aumento da temperatura na região, que tem ocasionado derretimentos de extensas camadas de gelo pelo continente antártico. No entanto, ainda é necessário que um comitê da OMM valide o recorde para que ele passe a ser considerado válido.

Os 18,3 graus valem apenas para a Península Antártica, parte do continente do Polo Sul. O recorde de toda a região é ainda maior: 19,8ºC, registrados no ano de 1982.

Publicidade