Clique e Assine por somente R$ 2,50/semana

Preço global da comida em 2020 foi o maior em três anos

Dezembro do ano passado registrou o sétimo aumento consecutivo em quase todas as principais categorias

Por Sabrina Brito Atualizado em 9 jan 2021, 17h10 - Publicado em 9 jan 2021, 12h59

O índice de preços da Organização das Nações Unidas para Alimentação e Agricultura, responsável por avaliar as variações mensais no valor de certos alimentos, registrou números inesperados em 2020. De acordo com a organização, houve uma alta de 3,1% em relação a 2019, levando o índice do ano passado a ser considerado o maior em três anos.

O pico histórico foi constatado em 2011, 25% maior do que o registrado em 2020. Os preços medidos são relativos a uma cesta que envolve cereais, carne, açúcar, laticínios e oleaginosas.

Nos últimos dois meses do ano passado, o custo de óleos vegetais estiveram entre os produtos que mais foram valorizados. Os cereais também tiveram aumentos, ainda que mais modestos — no total de 2020, houve uma média de preços 6,6% maior do que no ano anterior. Os índices de carnes e laticínios, embora tenham sido menores do que os constatados em 2019, não foram suficientes para balancear o aumento nos preços desses alimentos.

Publicidade