Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Pode ser perigoso ouvir rock enquanto se dirige, conclui estudo

Segundo pesquisa chinesa, velocidade média e número de trocas de pista são fatores alterados pelo ritmo da canção escolhida para se escutar ao volante

De acordo com um novo estudo da Universidade de Tecnologia do Sul da China, existem músicas mais perigosas de se ouvir enquanto dirige. Canções com mais de 120 batidas por minuto, afirmam os cientistas, aumentam as chances de que o motorista guie rápido demais e arrisque manobras perigosas.

A pesquisa foi realizada com base em experimentos que exigiam que os participantes ouvissem determinadas músicas enquanto dirigiam em um simulador. Na média, os indivíduos trocaram de pista vinte vezes ao longo de 70 minutos.

Quando estavam escutando rock, o número de trocas de faixa quase que dobrou. Além disso, velocidade média dos participantes sofreu um aumento de 8 quilômetros por hora quando canções desse gênero estavam tocando. Isso que levou os pesquisadores a constatarem a relação entre o comportamento perigoso nas ruas com o gênero de música ouvida.

Com base no levantamento, os cientistas elaboraram uma lista de canções mais e menos seguras de se escutar enquanto se dirige. Entre as mais arriscadas, estavam American Idiot (Green Day), Party In The USA (Miley Cyrus), Mr. Brightside (The Killers), Don’t Let Me Down (The Chainsmokers) e Born To Run (Bruce Springsteen). Já as músicas mais seguras incluíam Stairway to Heaven (Led Zeppelin), Under The Bridge (Red Hot Chili Peppers), God’s Plan (Drake), Africa (Toto) e Location (Khalid).