Clique e assine com até 92% de desconto

O feto que contraiu Covid-19 da mãe

Bebê nascido na França foi contaminado por meio da placenta da gestante

Por Sabrina Brito Atualizado em 15 jul 2020, 16h13 - Publicado em 15 jul 2020, 15h32

A França parece ter registrado o primeiro caso comprovado de contaminação de Covid-19 de mãe para feto. Logo depois do nascimento, o bebê desenvolveu uma inflamação cerebral resultante de uma infecção causada pelo novo coronavírus. Desde então, ele já se recuperou.

O caso foi publicado no periódico científico Nature Communications em meio a outros relatos possíveis de fetos que teriam sido contaminados dentro do útero. Por ora, ainda se considera a possibilidade de o contágio ter acontecido durante ou depois do parto, e não na gravidez em si.

A mãe, de 23 anos, teria contraído o vírus no final do terceiro semestre. Embora ainda não se saiba o quão comum esse tipo de contaminação pode ser, é importante notar que ela é, sim, possível. De acordo com testes realizados no hospital, a transmissão se deu não por meio do coronavírus em si, mas da placenta da gestante.

Imediatamente após o parto, o bebê aparentava saúde. Poucos dias depois, contudo, ele passou a apresentar espasmos musculares e sintomas neurológicos comuns em portadores de meningite. Depois de passar por acompanhamento médico, ele se encontra curado. Ainda não é possível determinar se ele terá sequelas no futuro.

  • Continua após a publicidade
    Publicidade