Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Novo pequeno foguete europeu Vega é lançado pela primeira vez

O novo pequeno foguete europeu Vega foi lançado nesta segunda-feira do Centro espacial Kuru, na Guiana Francesa, em um voo inaugural que deve colocar em órbita nove satélites, ao final de apenas 81 minutos, constatou um correspondente da AFP.

Segundo a Agência espacial europeia (ESA), que retransmitiu o lançamento inaugural em seu site, o voo VV01 ocorria normalmente e cada uma das etapas de combustível sólido se separou sucessivamente, como estava previsto.

A missão vem sendo motivo de grande satisfação para a Itália, onde teve origem o projeto Vega e saiu mais de 60% de seu financiamento; a França ficou com 25%.

Às 07H00, hora local (08H00 GMT, 11H00 de Paris e Roma), a primeira fase P80 do Vega, concebida pela agência espacial francesa CNES, propulsionou o pequeno foguete de 137 toneladas no céu da Guiana.

Seguiram-se as outras duas etapas com combustível sólido Zefiro até a última, com propulsão líquida, menos de seis minutos mais tarde.

Depois de atingir órbita circular a 1.450 km de altura, foram liberados, sucessivamente, os nove pequenos satélites embarcados por Vega. Trata-se de dois pequenos satélites experimentais LARES e ALMASat-1, assim como sete minúsculos passageiros de um quilo cada um, desenvolvidos por estudantes, como parte de um programa europeu entre os quais figuram os primeiros satélites romeno (Goliat), húngaro (MaSat-1) e polonês (PW-Sat-1).

Capaz de transportar 1,5 tonelada em órbita baixa (700 km de altura), Vega destina-se ao mercado de pequenas cargas úteis, principalmente satélites institucionais de observação terrestre.