Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Noite desta sexta-feira terá chuva de meteoros

O melhor horário para a visualização do fenômeno, que deve ter baixa concentração de meteoros por hora, será entre as 21h e 22h (horário de Brasília)

Uma chuva de meteoros atinge seu pico (melhor momento para sua visualização) na noite desta sexta-feira. Denominada Bootídeas, ela é visível do Brasil, mas não deve proporcionar um grande espetáculo, pois costuma apresentar uma frequência baixa de meteoros.

A chuva tem origem na constelação do Boieiro e, para observá-la, deve-se olhar para o norte das 19 horas até as 23 horas (de Brasília), sendo entre 21 horas e 22 horas o melhor horário. “É uma constelação boreal, portanto não fica muito alta no céu do Brasil”, explica Gustavo Rojas, astrofísico da Universidade Federal de São Carlos. Normalmente essa chuva é fraca, com cerca de dois meteoros por hora, mas em 1998 e 2004 ela surpreendeu os cientistas, chegando a apresentar mais de 100 por hora.

Leia também:

Astronauta tira foto de estrela cadente a partir da ISS

Saiba a diferença entre asteroides, meteoros e meteoritos

As chuvas de meteoros consistem em fragmentos de rochas e poeira que se desprendem de um cometa e continuam circulando em sua órbita. Quando a Terra passa por eles, os fragmentos se chocam com a atmosfera, provocando o espetáculo que pode ser observado no céu. No caso desta chuva, acredita-se que o cometa que a originou seja o 7P/Pons-Winnecke.

Para Rojas, as expectativas para esta sexta não devem ser muito altas. “O cometa vai voltar a passar próximo à Terra em 2015, por isso eu não apostaria numa chuva forte este ano”, disse ao site de VEJA. Isso porque as chuvas costumam ser mais fortes depois da passagem do cometa, que deixa novos fragmentos.