Clique e Assine por apenas R$ 0,50/dia

Neurocientista brasileiro recebe prêmio de 4 milhões de dólares

Miguel Nicolelis recebeu nos Estados Unidos o segundo prêmio em 2010 pela pesquisa que desenvolve na área de neurobiologia

Por Da Redação Atualizado em 6 Maio 2016, 17h13 - Publicado em 30 set 2010, 18h46

É a primeira vez que um pesquisador recebe o Pioneer Award e o Transformative R01 no mesmo ano

O neurocientista brasileiro Miguel Nicolelis recebeu do Instituto Nacional de Saúde dos Estados Unidos (NIH em inglês) o prêmio Transformative R01, no valor de 4 milhões de dólares (6,7 milhões de reais) para continuar desenvolvendo pesquisas na área de neurobiologia. De acordo com o NIH, esse prêmio tem a intenção de apoiar pesquisas com potencial de transformar “a forma como pensamos e conduzimos a ciência”.

Em julho, Nicolelis, co-diretor do Centro de Neuroengenharia da Universidade de Duke (EUA), recebeu outro prêmio da mesma instituição, o Pioneer Award, no valor de 2,5 milhões de dólares (4,2 milhões de reais) para continuar a pesquisa envolvendo a interface cérebro-máquina. É a primeira vez que um pesquisador recebe o Pioneer Award e o Transformative R01 no mesmo ano. Nicolelis pretende usar o dinheiro para continuar desenvolvendo uma prótese biomecânica capaz de melhorar as habilidades motoras de pacientes em estágios avançados da doença de Parkinson. O dispositivo aplica um estímulo elétrico na espinha dorsal. Em estudos feitos em laboratório, ratos com habilidade motora limitada conseguiram recobrar os movimentos segundos após o funcionamento do aparelho. O cientista brasileiro desenvolve pesquisas na área da neurobiologia há 25 anos. Apesar de estar situado nos Estados Unidos, em 2003, Nicolelis fundou no Rio Grande do Norte o Instituto Internacional de Neurociências de Natal Edmond e Lily Safra, com o intuito de aplicar ciência de ponta com ações educacionais e médicas para população de baixa renda.

Publicidade