Clique e Assine por apenas R$ 0,50/dia

Nasa “perde” planeta no espaço

Corpo celeste observado pela agência espacial americana parece ter desaparecido, segundo informam os astrônomos

Por Sabrina Brito Atualizado em 28 abr 2020, 15h41 - Publicado em 28 abr 2020, 15h08

De acordo com a Nasa, um planeta pertencente a outro sistema solar que havia sido observado por cientistas simplesmente desapareceu. Agora, os especialistas buscam a razão por trás do sumiço, que mais parece saído de uma obra de ficção científica.

A hipótese mais provável é a de que o planeta nunca tenha de fato existido. Explica-se: os cientistas trabalham com a possibilidade de que o que foi observado era uma nuvem de poeira, que agora se dissipou. Se for o caso, é possível que a nuvem tenha sido formada pela colisão de dois corpos que orbitavam a estrela Fomalhaut, quase três mil graus Celsius mais quente do que o nosso sol.

Contudo, esse tipo de colisão é extremamente raro já foi estimado que eles acontecem uma vez a cada 200 mil anos. Conceber que os astrônomos tenham presenciado um evento do tipo significaria que eles estavam olhando para o lugar certo na hora exata.

Segundo os cientistas, os corpos que teriam colidido e formado a nuvem teriam sido uma mistura de poeira e gelo, como cometas que existem em algumas partes do nosso sistema solar. Esses corpos teriam aproximadamente 200 quilômetros de diâmetro.

  • Continua após a publicidade
    Publicidade