Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Marte: missão ExoMars envia suas primeiras imagens captadas no espaço

A câmera de alta definição fotografou estrelas de duas partes do céu, utilizando o mecanismo de rotação da lente

O satélite da missão ExoMars enviou suas primeiras imagens do céu na última quinta-feira (14). De acordo com comunicado da Agência Espacial Europeia (ESA, na sigla em inglês), o satélite Trace Gas Orbiter (TGO), a caminho de Marte, tem “uma saúde excelente” e será capaz de captar bons dados da superfície do planeta vermelho. A missão busca indícios de vida em um dos planetas mais cotados para conter resquícios de vida no espaço.

Em 7 de abril, a câmera de alta definição do satélite TGO, fabricado na Suíça, foi ativada pela primeira vez e enviou suas primeiras imagens do espaço. “As imagens são muito tranquilizadoras”, disse Nicolas Thomas, o cientista responsável por operar o instrumento. A câmera fotografou estrelas de duas partes do céu, utilizando o mecanismo de rotação da lente.

Leia também:

Conheça a ExoMars, a missão europeia que buscará vida em Marte

Conheça as missões espaciais que marcarão 2016

Missão – Lançada em 14 de março pelo foguete russo Protón, TGO vai ficar orbitando ao redor de Marte para estudar gases na atmosfera com a esperança de tentar encontrar sinais de vida – buscando, principalmente, por traços de metano, gás que pode sugerir atividade geológica e biológica no planeta vermelho.

Junto ao TGO também viaja o módulo Schiaparelli, que deve pousar na superfície de Marte em 19 de outubro. O objetivo é fazer testes que permitam enviar outra nave ao planeta no futuro. Desde o lançamento de ExoMars, os responsáveis da missão conjunta entre Europa e Rússia estiveram realizando testes para verificar que toda a tecnologia estivesse funcionando com normalidade.

“Todos os sistemas estão ativos e verificados – energia, comunicação, orientação, navegação – e as equipes encarregadas de controlar o voo estão acostumadas a manobrar esta nave sofisticada”, indicou Peter Schmitz, responsável pelas operações, em um comunicado da ESA.

De acordo com a ESA, as novas imagens de alta resolução são bons indícios dos dados que podem ser captados sobre a superfície de Marte assim que Schiaparelli chegar ao solo do planeta vermelho.

(Com AFP)