Clique e Assine por somente R$ 2,50/semana

‘Lua de sangue’: vídeo mostra como será eclipse do dia 27

A Nasa divulgou uma simulação de como seria o evento se observado da Lua. Conhecido como 'Lua de Sangue', ele poderá ser visto de todo o Brasil

Por Da Redação Atualizado em 10 dez 2018, 09h42 - Publicado em 16 set 2015, 20h41

Um evento astronômico especial poderá ser visto de todo o Brasil no fim do mês. Na noite de 27 de setembro, um eclipse lunar total (quanto a Lua fica encoberta pela sombra da Terra) irá coincidir com uma Superlua (ponto da órbita em que o satélite está o mais próximo possível da Terra, durante a Lua cheia). Além de a Lua parecer maior nos céus, ela vai adquirir uma coloração avermelhada, o que tornou o fenômeno conhecido como “Lua de sangue”. Relativamente raro (o último foi em abril do ano passado), o evento é um dos mais belos de ser visto nos céus e poderá ser observado de todo o Brasil.

Leia também:

Como a Lua surgiu? Novo estudo pode acabar com o mistério

Oito paisagens incríveis vistas da ISS

O eclipse do fim do mês é o último de quatro eclipses totais da Lua que ocorrem em sequência – um fenômeno conhecido como tétrade. A última vez que isso aconteceu foi em 1982 e, segundo os astrônomos, só irá acontecer novamente em 2033.

A “Lua de sangue” ocorre quando o satélite está totalmente dentro da sombra da Terra, entre as 23h47 do dia 27 e as 0h23 do dia 28 (horário de Brasília). Nesse momento, a luz do Sol não chega diretamente à Lua, mas é “filtrada” pela atmosfera da Terra, que age como uma “lente”. As partículas em suspensão na atmosfera são refletidas, o que dá o aspecto avermelhado ao evento. É o mesmo fenômeno que ocorre durante o pôr do sol, quando o astro parece ficar avermelhado no horizonte.

Para explicar como se dará o eclipse, a Nasa divulgou um vídeo que mostra como seria o fenômeno visto da Lua. Confira:

(Da redação)

Continua após a publicidade
Publicidade