Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Leite em pó infantil apresenta contaminação radioativa no Japão

Uma importante marca japonesa de leite em pó infantil teve seu produto contaminado com radiação, proveniente provavelmente da usina nuclear acidentada no país, informou a empresa nesta terça-feira.

A Meiji, grande produtora de leite, doces e produtos farmacêuticos, afirmou que está recolhendo cerca de 400 mil latas do leite em pó “Meiji Step” que contêm uma pequena quantidade das substâncias radioativas césio-134 e césio-137.

O nível de contaminação variou de 22 a 31 becquerels por quilo, em comparação com o limite legal de 200 becquerels, disse a Meiji.

O leite foi produzido em uma fábrica na cidade de Saitama, a 200 km da usina nuclear de Fukushima Daiichi, onde reatores entraram em colapso após o terremoto e o tsunami de 11 de março.

A empresa afirmou que suspeita que o césio penetrou na fórmula durante o processo de secagem, e não através das matérias-primas utilizadas, mas ressaltou que a causa exata da contaminação não está clara.

O anúncio aumenta o mal-estar no Japão em relação à segurança alimentar, particularmente para crianças pequenas, com uma grande desconfiança em relação aos anúncios oficiais relacionados à radiação.

O governo apontou anteriormente diversos alimentos como seguros após o desastre nuclear, incluindo o arroz produzido em Fukushima, mas anunciou depois que alguns produtos foram contaminados.

Seguindo o comunicado sobre o leite em pó, as ações da Meiji Holdings caíram 9,72%, a 3,020 ienes na Tokyo Stock Exchange.

A empresa afirmou que não foi detectada nenhuma contaminação radioativa em seus outros produtos.