Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Google espionou usuários da Apple para vender publicidade

A empresa Google espionou ilegalmente os internautas que navegavam na rede usando Safari, o navegador da Apple, disse o jornal The Wall Street Journal, acrescentando que já havia deixado de fazê-lo.

O Google e outras empresas de publicidade utilizaram códigos de programação especiais escondidos nos comandos do Safari para vigiar e registrar o comportamento de navegação de milhões de usuários, segundo o jornal.

Após ser contactado pelo jornal, o Google desativou a função, acrescenta o artigo.