Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Golfinhos viram mais à esquerda (mas olham mais para a direita)

Estudo nas Bahamas revelou que a dominância destra entre esses animais é ainda mais forte que a entre seres humanos

Entre os seres humanos, estima-se que de 70% a 95% sejam destros. Mas nós não somos os únicos animais a apresentar dominância de um membro: sabe-se, por exemplo, que cangurus tendem a ser canhotos e, gorilas, destros. Uma pesquisa, publicada na quarta-feira 27 no periódico científico Royal Society Open Science, liderada por cientistas de diversas faculdades americanas, revelou que essa tendência também existe entre golfinhos.

De acordo com o estudo, os golfinhos-nariz-de-garrafa apresentam uma dominância e tendência a serem destros, ainda mais forte do que é em humanos. Entre os 709 espécimes analisados entre 2012 e 2018, mais de 99% têm preferência pelo uso do lado direito do corpo.

Realizada nas Bahamas, a pesquisa se baseou na observação de que, quando nadam próximos ao assoalho marinho buscando presas, os animais cravam os focinhos na areia ao encontrar o que procuram. Costumeiramente, os mamíferos dão uma guinada à esquerda antes de usar o focinho para cavar à procura de comida. Ao virar, todavia, os golfinhos mantêm o olho direito e flanco direito mais perto do assoalho, revelando, assim, a dominância.

Algumas hipóteses para a preferência por serem destros foram levantadas pela equipe. Uma possibilidade é que, levando em conta que o trato digestivo dos golfinhos é mais largo à direita, ingerir a comida por esse lado facilitaria a digestão. No entanto, é preciso mais investigação para confirmar o porquê dessa curiosa tendência.