Clique e Assine por apenas R$ 0,50/dia

Estudos buscam investigar efeito do ano silencioso de pandemia nos oceanos

Cientistas acreditam que, em caso de descobertas positivas geradas por um ano mais quieto, pode ser simples diminuir os sons que produzimos nos mares

Por Sabrina Brito 9 abr 2021, 11h28

Pesquisadores de todo o mundo têm se esforçado para analisar os efeitos do ano de pandemia nos oceanos. Embora tenha causado extremo sofrimento na terra, a atual crise de saúde produziu um ano de relativo silêncio nos mares, cujo impacto ainda é desconhecido.

Alguns desses cientistas têm como objetivo escutar o ambiente marítimo antes, durante e depois de períodos de lockdown e compará-los. Eles já identificaram 200 microfones colocados debaixo d’água para captar sons e ajudar a entender suas consequências para a vida marítima.

Outra meta dos pesquisadores é entender como décadas de crescente barulho no oceano afetou a vida das plantas, animais e micro-organismos que habitam os mares. Segundo os cientistas, há muito que se aprender ouvindo o som do oceano. Além disso, pode ser muito mais fácil diminuir o volume dos barulhos que o homem produz nos mares do que, por exemplo, reduzir a poluição ou desacelerar a mudança climática.

Publicidade