Clique e Assine por apenas R$ 0,50/dia

Estudo liga vacina da gripe a menor número de casos de Covid-19

Pesquisadores hipotetizam que imunização contra gripe evite a sobrecarga do sistema respiratório

Por Sabrina Brito 27 abr 2021, 13h38

Uma pesquisa da Universidade de Michigan, nos Estados Unidos, associou a imunização contra a gripe a menos infecções pelo novo coronavírus e a quadros clínicos mais brandos. Informações de mais de 27 mil pacientes testados para Covid-19 foram analisadas.

O estudo, publicado em fevereiro no periódico científico American Journal of Infection Control, revelou que se vacinar contra a gripe pode ajudar a desafogar hospitais e UTIs. Entre os indivíduos investigados, 13 mil receberam a vacina contra a gripe. Entre eles, o número de resultados positivos para Covid-19 foi 24% menor e o índice de hospitalização foi 42% mais baixo.

É importante salientar que a imunização contra gripe e contra Covid-19 são diferentes e não são intercambiáveis. De acordo com os pesquisadores, há algumas hipóteses que podem explicar os resultados encontrados.

Uma delas é de que as pessoas vacinadas tenham apresentado hábitos de prevenção mais rígidos, evitando o contágio por coronavírus. Outra possibilidade é de que a imunização contra gripe fortaleça o sistema imune e evite um maior impacto sobre o sistema respiratório, frequentemente causado pela Covid-19.

Continua após a publicidade
Publicidade