Clique e Assine por apenas R$ 0,50/dia

Estudo: Falta de vacinação em países pobres pode custar trilhões

Pesquisa indica que a economia global tem muito a perder vacinando apenas os mais desenvolvidos

Por Sabrina Brito 26 jan 2021, 13h25

Um novo levantamento revelou que, se a vacinação em massa não for garantida também nas nações em desenvolvimento, o resultado será um rombo econômico gigantesco. Realizada pela Câmara Internacional do Comércio, a pesquisa indicou que a economia global pode perder até 9,2 trilhões de dólares se o acesso ao imunizante não for garantido por todo o planeta.

Ainda segundo a Câmara, a solução é o investimento em estudos, testes e tratamentos, além da distribuição da vacina. Assim, recairia sobre os países abastados, devido à sua condição mais favorável, a iniciativa de garantir esses procedimentos. A estimativa é de que um aporte de 27,2 bilhões de dólares poderia trazer um retorno 166 vezes maior.

O estudo aponta também que as economias mais afetadas seriam aquelas que mais participam do cenário internacional. Alguns dos países mais afetados seriam a Bélgica, França, Alemanha, Estados Unidos e Reino Unido. A perda poderia ser de até 4% do PIB em comparação com um cenário onde todo o mundo foi vacinado.

Publicidade