Clique e Assine a partir de R$ 19,90/mês

Emissão de gases de efeito estufa encolhe estratosfera, diz estudo

Pesquisadores chegaram à conclusão usando dados de observação de satélites que datam desde 1980 e variados modelos climáticos

Por Da Redação Atualizado em 13 Maio 2021, 12h42 - Publicado em 12 Maio 2021, 12h17

Emissões de gases de efeito estufa estão encolhendo a estratosfera, de acordo com um estudo publicado pela revista cientifica online Environmental Reasearch Letters. Os pesquisadores chegaram à conclusão usando dados de observação de satélites datando desde 1980 e variados modelos climáticos.

A estratosfera, segunda maior camada da atmosfera, localizada há 50 quilômetros da superfície terrestre, entre a troposfera e a mesosfera, já está cerca de meio quilômetro mais fina. Se nada for feito para controlar a emissão de gases de efeito estufa, dizem os cientistas responsáveis pela pesquisa, a camada deverá encolher mais 1,3 quilômetros até 2080. As mudanças podem afetar operações de satélite, sistemas de navegação por GPS e as comunicações de rádio.

A troposfera é a camada mais baixa, na qual vivemos. O dióxido de carbono lançado no ar todos os dias tem um efeito duplamente nocivo. Entre nós, as moléculas esquentam e expandem, empurrando o limite mais baixo da estratosfera. Quando o gás sobe, a molécula esfria e encolhe, fazendo com que a camada acima diminua ainda mais.

O estudo, que reúne especialistas e instituições da Europa e Estados Unidos, apenas comprova uma hipótese que vem sendo aventada desde 1980, com as primeiras medições de satélites. Emissão de gases e poluição estão aumentando a troposfera e diminuindo a estratosfera, com consequências que podem ser avassaladoras para a humanidade.

Continua após a publicidade
Publicidade