Clique e Assine a partir de R$ 19,90/mês

Dois acusados em julgamento de amianto condenados a 16 anos de prisão

Por Giuseppe Cacace Atualizado em 6 Maio 2016, 16h46 - Publicado em 13 fev 2012, 10h10

O tribunal de Turim (norte) condenou nesta segunda-feira a 16 anos de prisão os dois acusados no julgamento do amianto na Itália, o ex-proprietário do grupo suíço Eternit, Stephan Schmidheiny, e um administrador da filial italiana, o barão belga Jean-Louis Marie Ghislain de Cartier de Marchienne.

O suíço Stephan Schmidheiny, de 65 anos, e o barão belga, de 90 anos, foram declarados responsáveis pela morte de cerca de 3.000 pessoas na Itália, ex-funcionários ou moradores de quatro localidades onde a Eternit Itália tinha suas fábricas.

Publicidade

Essa é uma matéria exclusiva para assinantes. Se já é assinante, entre aqui. Assine para ter acesso a esse e outros conteúdos de jornalismo de qualidade.

Essa é uma matéria fechada para assinantes e não identificamos permissão de acesso na sua conta. Para tentar entrar com outro usuário, clique aqui ou adquira uma assinatura na oferta abaixo

Informação de qualidade e confiável, a apenas um clique. Assine VEJA.

Impressa + Digital

Plano completo da VEJA! Acesso ilimitado aos conteúdos exclusivos em todos formatos: revista impressa, site com notícias 24h e revista digital no app, para celular e tablet.

Colunistas que refletem o jornalismo sério e de qualidade do time VEJA.

Receba semanalmente VEJA impressa mais Acesso imediato às edições digitais no App.

a partir de R$ 39,90/mês

Digital

Plano ilimitado para você que gosta de acompanhar diariamente os conteúdos exclusivos de VEJA no site, com notícias 24h e ter acesso a edição digital no app, para celular e tablet.

Colunistas que refletem o jornalismo sério e de qualidade do time VEJA.

Edições da Veja liberadas no App de maneira imediata.

a partir de R$ 19,90/mês