Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Deus esteve por trás do Big Bang, diz Bento XVI

Em sermão, papa afirma que universo não é resultado do acaso

A Igreja Católica não ensina mais o criacionismo e também não defende o uso do livro do Gênesis como texto científico

Deus esteve por trás do Big Bang e os cristãos devem rejeitar a ideia de que o universo surgiu por acidente, disse nesta quinta-feira o papa Bento XVI. “O universo não é resultado do acaso, como muitos gostariam de nos fazer acreditar”, afirmou. “Contemplando (o universo), somos convidados a enxergar algo profundo: a sabedoria do Criador, a criatividade incansável de Deus”, disse o papa, em sermão para 10 mil fiéis na Basílica de São Pedro, no dia em que os cristãos comemoram a Epifania – data em que os Reis Magos teriam encontrado Jesus.

Mesmo tendo discutido a evolução anteriormente, Bento XVI nunca havia falado sobre temas específicos como o Big Bang, a explosão que cientistas acreditam ter dado origem ao universo, 13,7 bilhões de anos atrás. Alguns ateus sugerem que as experiências que procuram recriar as condições do Big Bang em laboratório podem comprovar que Deus não existe. Bento XVI discorda e diz que algumas teorias científicas são “limitadoras da mente” porque “não conseguem explicar o sentido último da realidade”.

Ciência e fé – Para Bento XVI, as teorias científicas sobre a origem do universo e da vida deixam muitas questões sem resposta e não entram em choque com a fé . “Ante a beleza do mundo, seu mistério, sua grandeza e racionalidade… só podemos nos deixar ser guiados em direção a Deus, criador do céu e da terra”, disse. Bento lembrou que seu antecessor, João Paulo II, já havia combatido a imagem de uma Igreja anti-científica. A Igreja Católica não defende o uso do livro do Gênesis como texto científico e não ensina mais o criacionismo – teoria segundo a qual Deus teria criado o mundo em seis dias, como descrito na Bíblia. Ela diz, hoje, que as contas na Bíblia são uma alegoria da criação do mundo. Mas a Igreja rejeita o uso da teorias do surgimento do universo e da evolução para respaldar correntes que negam a existência de Deus.

(Com Agência Reuters)