Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Deslizamento em terreno de Papua Nova Guiné deixa ao menos 40 mortos

Pelo menos 40 pessoas morreram e 20 estão desaparecidas após o deslizamento de um terreno em Papua Nova Guiné, perto de uma exploração de gás natural liquefeito da empresa americana Exxonmobil, informaram nesta quarta-feira meios de comunicação locais.

O diretor do Centro Nacional de Catástrofes, Martin Mosi, informou à AFP que não tem por enquanto números de mortos ou feridos decorrentes do acidente, ocorrido em uma região isolada e de difícil acesso.

“Trata-se de um importante escorregamento de terra que alcançou uma grande extensão, onde há muitos povoados e tememos que haja mortos”, acrescentou.

Uma fotografia aérea mostra lama e escombros ao longo de um quilômetro de uma área florestal.

Um porta-voz da ExxonMobil afirmou que todos os membros do seu pessoal estão sãos e salvos e se mantêm em contato permanente com o Centro Nacional de Catástrofes.

A instalação da ExxonMobil em Papua Nova Guiné começará sua produção em 2014 durante 30 anos.

Ex-colônia australiana, Papua Nova Guiné pediu ajuda a Canberra. Muito montanhosa, rica em recursos naturais, tem 6 milhões de habitantes.