Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Descobertas pinturas na tumba de Anfípolis, na Grécia

Uma equipe de arqueólogos descobriu pinturas sobre a vida cotidiana nas colunas do maior túmulo antigo já encontrado na Grécia, em Anfípolis, no norte do país. O anúncio foi feito neste sábado pelo ministro grego da Cultura, Kostas Tasulas. “Durante a manutenção das colunas, foram descobertas representações de personagens, objetos e utensílios”, disse Kostas em entrevista coletiva realizada no local das escavações.

Leia também:

Arqueólogos encontram cabeça de esfinge em mausoléu grego

Egito reclama de cópia de esfinge ‘made in China’

Pesquisadores encontram restos de Filpe II, pai de Alexandre, o Grande

Segundo o ministro, as pinturas podem ajudar a descobrir a identidade de quem está enterrado na tumba, cujos restos mortais foram encontrados no início deste mês. “As primeiras respostas serão obtidas após o exame do esqueleto por um laboratório. É aí que saberemos a idade e o sexo do defunto”, explicou a secretária-geral do Ministério da Cultura, Lina Mendoni.

Além disso, uma equipe da Universidade de Tessalônica utilizará técnicas de ressonância magnética para registrar os arredores do sítio arqueológico e verificar se há outros túmulos. A arqueóloga encarregada das escavações em Anfípolis, Katerina Peristeri, dará uma entrevista coletiva sobre os últimos resultados, em 29 de novembro, em Atenas.

Na coletiva, o ministro também comemorou o interesse crescente no tema e na região. “O número de visitantes do museu de Anfípolis aumentou consideravelmente. Nos últimos tempos, nos finais de semana, mais de 1.500 pessoas vêm para esse lugar”, afirmou. Desde agosto passado, quando os arqueólogos entraram no imenso túmulo de 500 metros de circunferência, foram descobertas duas imponentes esfinges, cariátides de mais de dois metros de altura e um grande mosaico quase intacto. Segundo especialistas, trata-se de um monumento único na história da Antiguidade.

(Com agência France-Presse)