Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Conter o aquecimento global pode economizar 7 trilhões de dólares

Estudo divulgado por grupo de líderes globais reforça a urgência de ações para a adaptação às mudanças do clima

Em um estudo divulgado nesta terça-feira 10, a Comissão Global de Adaptação, formada em 2018 por autoridades dos setores públicos e privados e liderada pelo oitavo Secretário Geral das Nações Unidas, Ban Ki-Moon, o magnata Bill Gates, que mantém a Fundação Bill e Melinda Gates, e a CEO do Banco Mundial, Kristalina Georgieva, reforçou a necessidade de se investir em adaptações para as mudanças climáticas. Um dos destaques mostrou que o investimento de 1,8 trilhão de dólares (7,3 trilhões de reais) entre 2020 e 2030 poderá gerar 7,1 trilhões de dólares (28,8 trilhões de reais) em retornos. O relatório focou em cinco áreas prioritárias: sistemas de alerta, infraestrutura, agricultura, áreas de mangues e recursos hídricos.

De acordo com o documento, caso nenhuma medida de adaptação seja tomada em larga escala, as mudanças climáticas poderão impactar negativamente a produção da agricultura em 30% até 2050. Cerca de 500 milhões de pequenas propriedades rurais serão as principais prejudicadas.

Até 2050, o número de pessoas que enfrentarão escassez hídrica durante ao menos um mês por ano aumentará de 3,6 bilhões para mais de 5 bilhões. O aumento do nível do mar forçará milhares de habitantes de cidades costeiras a deixar seus lares, com um custo de mais de 1 trilhão de dólares por ano até 2050. Mais de 100 milhões de pessoas em países em desenvolvimento ficarão abaixo da linha da pobreza até 2030.

Segundo o estudo, sistemas de alerta salvam vidas e bens. Com 24 horas de aviso sobre uma tempestade ou onda de calor, o prejuízo poderá ser reduzido em 30%. Ao investir 800 milhões de dólares em tais sistemas em países em desenvolvimento, as nações economizariam entre 3 a 16 bilhões de dólares por ano.

Com relação ao investimento em infraestrutura, o grupo também detalhou as vantagens econômicas. Será possível reduzir áreas de enchentes em territórios urbanos e tecnologias avançadas de irrigação poderão aumentar a produtividade agrícola.

Sobre os dados apontados no relatório, Ban Ki-Moon declarou que: “Mudanças climáticas não respeitam fronteiras. É um problema internacional que só poderá ser resolvido com cooperação e colaboração global. O clima já mudou e precisamos nos adaptar com ele”.