Clique e assine a partir de 9,90/mês

Conheça o traje espacial que poderá ser usado em Marte

A roupa, apresentada pela empresa Mars One, será composta de partes feitas em impressoras 3D que poderão ser produzidas no planeta

Por Da redação - Atualizado em 16 nov 2016, 16h47 - Publicado em 16 nov 2016, 16h31

A empresa privada Mars One divulgou nesta semana como será o traje que os primeiros colonizadores de Marte utilizarão durante a exploração do planeta. De acordo com a companhia holandesa, a roupa, chamada Surface Exploration Suit (SES, na sigla em inglês) permite que os humanos sobrevivam fora de cápsulas e habitats, suportando a poeira, radiação e pressão ao ar livre em Marte.

O estudo apresentado pela empresa revela que a roupa será pressurizada, com um capacete resistente a impactos e vai incluir um sistema modular que permite que algumas partes sejam intercambiáveis – elas serão feitas em impressoras 3D e podem ser produzidas sobre a superfície de Marte. O traje deverá ser capaz de impedir a forte radiação que incide sobre o planeta e se adaptará a diferentes tamanhos.

O novo traje poderá ser utilizado por oito horas, sem que acabe o oxigênio ou energia, e seria recarregado em quatro horas. Os tecidos são capazes de suportar temperaturas entre – 127°C e 77°C e também a poeira marciana (apesar de mais estudos serem necessários para driblar o pó finíssimo que recobre o planeta, de acordo com a empresa).

“A base do traje vem dos recursos locais de Marte, como dióxido de carbono da atmosfera marciana e o oxigênio derivado da camada de gelo do subsolo, para proporcionar um ambiente seguro, confortável para o tripulante e funcional”, afirmou Barry Finger, engenheiro chefe responsável pelo projeto, em comunicado da empresa.

Continua após a publicidade
Esboço de traje marciano divulgado pela empresa Mars One
Esboço de traje marciano divulgado pela empresa Mars One Mars One/Divulgação

 

Mars One

Cerca de 200.000 pessoas de 140 países já se registraram para participar do projeto Mars One, que busca financiamento por meio de programas de televisão. Uma delas é a brasileira Sandra da Silva. Serão selecionados 24 exploradores para colonizar Marte a partir de 2025, depois do envio de robôs para preparar a área, em 2018.

Sem possibilidade de retorno, eles deverão viver em pequenos habitats, encontrar água, produzir oxigênio e cultivar seus próprios alimentos.

Mars One
Mars One Divulgação/VEJA

Até hoje, o homem só conseguiu enviar missões robóticas para Marte, desenvolvidas com sucesso pela agência espacial americana Nasa, mas os Estados Unidos querem enviar astronautas para o planeta dentro de duas décadas.

Continua após a publicidade

Em 2014, a agência americana apresentou um protótipo de roupa espacial que será usado como modelo para os astronautas que farão a primeira viagem a Marte, prevista para daqui a duas ou três décadas, o chamado Z-2. A primeira versão da roupa, divulgada em 2012 pela Nasa, era muito parecida com o uniforme do personagem ‘Buzz Lightyear’, dos filmes Toy Story.

 

Publicidade