Assine VEJA por R$2,00/semana
Continua após publicidade

Cientistas descobrem os dois planetas mais parecidos com a Terra já registrados

Kepler-438b e Kepler-442b apresentam grandes chances de serem rochosos e estão a uma distância de suas estrelas que possibilita a presença de água líquida em sua superfície

Por Da Redação
Atualizado em 6 Maio 2016, 16h07 - Publicado em 6 jan 2015, 18h16

Oito novos planetas foram encontrados na zona habitável de suas estrelas, ou seja, a uma distância em que a água líquida pode existir em sua superfície. Dentre eles, os cientistas destacam dois que são mais parecidos com a Terra do que qualquer outro exoplaneta (planeta localizado fora do Sistema Solar) conhecido até hoje. A descoberta foi anunciada nesta terça-feira, durante o evento da Sociedade Americana de Astronomia.

Os dois principais candidatos a Terra 2.0 são o Kepler-438b e o Kepler-442b. Ambos orbitam estrelas anãs vermelhas, menores e mais frias do que o Sol. Enquanto a órbita do primeiro é de 35 dias, o segundo completa uma órbita em sua estrela a cada 112 dias.

Com diâmetro apenas 12% maior do que o do planeta azul, o Kepler-4386 tem 70% de chance de ser rochoso, afirmam os pesquisadores, enquanto o outro, cerca de 30% maior do que a Terra, tem 60%.

Leia também:

Uma galáxia com 40 bilhões de Terras

Nasa: descoberto primeiro exoplaneta habitável do tamanho da Terra

Água e luz – Para ser considerado habitável, o planeta precisa receber uma quantidade de luz solar semelhante à da Terra, de modo que seja possível existir água líquida em sua superfície, sem que ela evapore ou congele. O Kepler-438b recebe 40% mais luz do que a Terra (em comparação, Vênus recebe o dobro) e o Kepler-442b, dois terços da luz do nosso planeta.

Continua após a publicidade

“Nós não temos certeza se algum dos planetas na nossa amostragem é realmente habitável. Tudo o que podemos dizer é que eles são candidatos promissores”, afirma David Kipping, pesquisador do Centro de Astrofísica Harvard-Smithsonian e um dos autores do estudo. Antes dessa descoberta, os dois planetas mais parecidos com a Terra já conhecidos eram o Kepler 186f, com 1,1 vez o tamanho do planeta azul e 32% da luz solar, e o Kepler-62f, com 1,4 vez o tamanho da Terra e 41% da luz solar.

(Da redação de VEJA.com)

Publicidade

Matéria exclusiva para assinantes. Faça seu login

Este usuário não possui direito de acesso neste conteúdo. Para mudar de conta, faça seu login

O Brasil está mudando. O tempo todo.

Acompanhe por VEJA.

MELHOR
OFERTA

Digital Completo
Digital Completo

Acesso ilimitado ao site, edições digitais e acervo de todos os títulos Abril nos apps*

a partir de R$ 2,00/semana*

ou

Impressa + Digital
Impressa + Digital

Receba Veja impressa e tenha acesso ilimitado ao site, edições digitais e acervo de todos os títulos Abril nos apps*

a partir de R$ 39,90/mês

*Acesso ilimitado ao site e edições digitais de todos os títulos Abril, ao acervo completo de Veja e Quatro Rodas e todas as edições dos últimos 7 anos de Claudia, Superinteressante, VC S/A, Você RH e Veja Saúde, incluindo edições especiais e históricas no app.
*Pagamento único anual de R$96, equivalente a R$2 por semana.

PARABÉNS! Você já pode ler essa matéria grátis.
Fechar

Não vá embora sem ler essa matéria!
Assista um anúncio e leia grátis
CLIQUE AQUI.