Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Chuva de meteoros Perseidas atinge seu momento mais intenso nesta madrugada

Fenômeno pode ser observado no Brasil a partir das 2 horas da manhã

A chuva de meteoros Perseidas, visível até 25 de agosto, vai atingir seu momento mais intenso na madrugada de terça para quarta-feira. O fenômeno é mais facilmente observado no Hemisfério Norte, mas também pode ser avistado no Sul. No Brasil, ela será visível das 2 horas da manhã até o amanhecer, sobretudo nas regiões Norte e Nordeste.

Os meteoros – fragmentos rochosos do cometa 109P/Swift-Tuttle – vão surgir na direção nordeste, próximos à constelação de Perseus – daí o nome da chuva. A partir das 2 da manhã ela fica visível um pouco acima do horizonte nas regiões Sul, Sudeste e Centro-Oeste do país, e mais para o alto do céu no Norte e Nordeste.

São esperados cerca de 50 meteoros por hora. O intenso brilho da Lua, porém, pode ofuscar o fenômeno. “A observação de uma chuva de meteoros requer um pouco de paciência. É preciso olhar para o céu durante uma ou duas horas para, eventualmente, ver um bom numero de meteoros”, ensina Paulo Varella, astrônomo e diretor geral do Observatório Céu Austral. “Os meteoros Perseidas são rápidos, com traços finos, geralmente brancos, amarelos ou alaranjados”, explica Varella.

Leia também:

Saiba a diferença entre asteroides, meteoros e meteoritos

Previsão do tempo – Obviamente, a chuva de meteoros só pode ser avistada com tempo aberto. A maior parte da Região Sudeste deve ter céu limpo, mas São Paulo pode sofrer com a chegada de uma frente fria. Na região Sul, o centro-sul gaúcho, o oeste catarinense e o sudoeste do Paraná terão boas condições para a observação do céu. Nas regiões Nordeste e Centro-Oeste, a previsão é de predomínio de tempo aberto. O centro-sul do Pará e o Tocantins devem ter ótimas condições de observação, mas o céu deve ficar encoberto nas demais áreas da Região Norte.