Clique e Assine a partir de R$ 19,90/mês

Cachorro ganha próteses feitas em impressora 3D – e consegue correr pela primeira vez

Derby nasceu com as patas dianteiras subdesenvolvidas e tinha dificuldades de se locomover. Confira o vídeo do animal correndo

Por Luana Massuella Atualizado em 6 Maio 2016, 16h07 - Publicado em 18 dez 2014, 14h23

Nos Estados Unidos, um cachorro de um ano que nasceu com as patas dianteiras subdesenvolvidas ganhou próteses 3D sob medida e pode, finalmente, dar sua primeira corrida. O caso ocorreu no estado de New Hampshire.

O problema de Derby, uma mistura de vira-lara com husky siberiano, limitava seus movimento e causava dificuldades de locomoção, principalmente sobre superfícies duras, como concreto. Derby foi abandondado em um abrigo, mas encontrou uma nova dona antes de ser sacrificado.

As próteses foram ideia de Tara Anderson, funcionária da 3D Systems, uma empresa que cria próteses sob medida como mãos e pernas feitas em impressoras 3D. Ela tinha ouvido falar sobre o cão por meio de um grupo que salvava animais em condições semelhantes e empenhou-se para encontrar uma forma de ajudar o cão a correr e mover-se com facilidade.

Leia também:

Impressora 3D: moldes para o corpo humano

Tara procurou a ajuda de Derrick Campana, um especialista em próteses animais, e reuniu alguns de seus colegas para trabalhar na criação de próteses sob medida. A equipe usou scanners 3D e softwares de modelagem 3D para criar as próteses.

A tecnologia 3D vem sendo usada na produção de moldes e em pesquisas que prometem revolucionar ainda mais a área da saúde. O sucesso (veja o vídeo abaixo) mostra que as próteses 3D podem beneficiar não só a saúde de humanos, mas também de seus animais de estimação.

Continua após a publicidade
Publicidade