Assine VEJA por R$2,00/semana
Continua após publicidade

Bilionário japonês diz que passeio em estação espacial foi curto demais

Yusaku Maezawa, seu produtor e um cosmonauta russo subiram aos céus em uma espaçonave russa Soyuz em 8 de dezembro e voltaram na segunda-feira

Por Alessandro Giannini Materia seguir SEGUIR Materia seguir SEGUINDO 22 dez 2021, 12h12

Após passar doze dias na Estação Espacial Internacional, o bilionário japonês Yusaku Maezawa voltou à Terra na segunda-feira, acompanhado de seu assistente, o cineasta Yozo Hirano, e o cosmonauta russo Alexander Misurkin. Já recuperado dos efeitos da viagem, Maezawa disse nesta quarta-feira, 22, que achou a estadia de doze dias muito curta. Ele queria ficar mais uma semana.

A tripulação decolou para a estação em uma espaçonave russa Soyuz em 8 de dezembro. Maezawa, 46 anos, e seu produtor Hirano, de 36 anos, foram os primeiros turistas pagantes a visitar a estação espacial desde 2009. Misurkin estava em sua terceira missão espacial.

“Leva três ou quatro dias para se adaptar e, então, você percebe que faltam apenas oito dias e essa quantidade não é suficiente”, disse Maezawa a um grupo de jornalistas, do centro de treinamento espacial de Star City, na Rússia. “Uma missão de 20 dias seria o ideal, mas 30 dias seria demais para mim.”

Entre outras coisas, Maezawa disse que o voo espacial o fez perceber que devemos cuidar melhor do planeta: “Se as pessoas que detêm poder e influência tivessem a chance de voar para a órbita, elas teriam uma visão diferente da Terra e teriam uma atitude diferente”.

Continua após a publicidade

Maezawa disse também que adoraria fazer uma caminhada espacial no futuro. Ele observou ainda que a ração espacial de comida enlatada era um pouco monótona, acrescentando que ele pensaria em maneiras de torná-la melhor e mais diversa.

Embora não divulgue quanto pagou pela viagem, incluindo a passagem de Hirano, Maezawa admitiu que as estimativas em torno de 80 milhões de dólares estão próximas da realidade. A Space Adventures, empresa americana que organizou seu voo, já havia enviado outros sete turistas à estação espacial entre 2001 e 2009.

Maezawa fez fortuna no varejo de moda, lançando o maior shopping center online do Japão, Zozotown. A revista Forbes estimou seu patrimônio líquido em cerca de 2 bilhões de dólares.O magnata também reservou um foguete da SpaceX para fazer um voo ao redor da lua em companhia de oito pessoas. Ele disse que planeja realizar essa missão em 2023.

Publicidade

Matéria exclusiva para assinantes. Faça seu login

Este usuário não possui direito de acesso neste conteúdo. Para mudar de conta, faça seu login

Domine o fato. Confie na fonte.

10 grandes marcas em uma única assinatura digital

MELHOR
OFERTA

Digital Completo
Digital Completo

Acesso ilimitado ao site, edições digitais e acervo de todos os títulos Abril nos apps*

a partir de R$ 2,00/semana*

ou
Impressa + Digital
Impressa + Digital

Receba Veja impressa e tenha acesso ilimitado ao site, edições digitais e acervo de todos os títulos Abril nos apps*

a partir de R$ 39,90/mês

*Acesso ilimitado ao site e edições digitais de todos os títulos Abril, ao acervo completo de Veja e Quatro Rodas e todas as edições dos últimos 7 anos de Claudia, Superinteressante, VC S/A, Você RH e Veja Saúde, incluindo edições especiais e históricas no app.
*Pagamento único anual de R$96, equivalente a R$2 por semana.

PARABÉNS! Você já pode ler essa matéria grátis.
Fechar

Não vá embora sem ler essa matéria!
Assista um anúncio e leia grátis
CLIQUE AQUI.