Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Astrônomos encontram o maior sistema planetário já observado

Sistema contém pelo menos cinco planetas orbitando uma estrela parecida com o Sol

O sistema planetário está a 127 anos-luz da Terra, na constelação de Hydrus, visível apenas no hemisfério sul

Utilizando um telescópio de alta precisão, pesquisadores do European Southern Observatory, no Chile, descobriram o maior sistema planetário já observado. Cinco planetas – e possivelmente mais dois – orbitam a estrela HD 10180, a 127 anos-luz da Terra, na constelação de Hydrus, visível no hemisfério sul da Terra. Se os outros dois planetas forem confirmados, um deles com a massa 140% maior que a da Terra, o sistema será, até agora, o mais parecido com o Sistema Solar em relação ao número de planetas – sete, comparado aos oito em nosso sistema. Além disso, a equipe encontrou provas de que a distância entre os planetas e a estrela seguem um padrão regular, fato também percebido no Sistema Solar.

ESO HD 10180

ESO HD 10180 (/)

A descoberta confirma a entrada da humanidade em uma nova era da pesquisa de exoplanetas (planetas fora do Sistema Solar). Nos próximos 10 anos, a Nasa irá gastar 1,6 bilhão de dólares em um telescópio que, dentre outras funções, irá procurar por sistemas planetários no centro da Via Láctea. Leia a entrevista com Roger Blandford, chefe do comitê de astrônomos que definiu as políticas de exploração espacial da Nasa para os próximos 10 anos. Os cinco sinais mais fortes capturados pelos astrônomos do observatório europeu correspondem a planetas de massa semelhante a Netuno – entre 13 e 25 vezes a massa da Terra – orbitando a estrela HD 10180 com períodos que variam entre 6 e 600 dias. Os planetas estão localizados a uma distância de sua estrela entre 0,06 e 1,4 vez a distância entre o Sol e a Terra. Os cientistas também encontraram fortes indícios de que mais dois planetas possam existir no sistema. Um deles seria parecido com Saturno (com pelo menos 65 vezes a massa da Terra) com um período de translação de 2200 dias. O outro poderá ser o exoplaneta mais leve já descoberto, com 40% mais massa que a Terra. Esse planeta estaria muito próximo à estrela, a uma distância 50 vezes menor que a distância entre o Sol e a Terra. O planeta leva apenas 1,18 dias para dar uma volta completa na HD 10180. Até agora, a comunidade científica havia descoberto 15 sistemas com pelo menos três planetas. Os astrônomos esperam que estudos como esse, sobre a existência de outros sistemas planetários, ajudem na compreensão da evolução a longo prazo de planetas e estrelas.

ESO HD 10180

ESO HD 10180 (/)