Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Astrônomos descobrem 26 possíveis buracos negros em galáxia vizinha da Via Láctea

Esta é a maior concentração desse tipo de corpo celeste já identificada fora da nossa galáxia

Astrônomos dos Estados Unidos identificaram 26 candidatos a buracos negros na galáxia de Andrômeda, a mais próxima da Via Láctea. A descoberta é resultado de mais de 13 anos de estudos com uso do observatório orbital Chandra, da Nasa. Essa é a maior quantidade de corpos celestes desse tipo já identificada fora da nossa galáxia.

“Nós estamos animados por encontrar tantos buracos negros em Andrômeda, mas achamos que essa é só a ponta do iceberg”, afirma Robin Barnard, do Harvard-Smithsonian Center for Astrophysics, e um dos autores do artigo que descreve os resultados, que será publicado no periódico Astrophysical Journal, em 20 de junho.

Os possíveis buracos negros possuem massa até dez vezes a do Sol, e são detectados pelos cientistas por atraírem matéria de uma estrela próxima para si. Antes de desaparecer dentro do buraco negro, a matéria ganha calor e produz radiação.

Pesquisa – Para descobrir se os corpos celestes de Andrômeda eram realmente buracos negros, os astrônomos observaram características específicas nas fontes de raios-X desses objetos, como brilho e coloração. Esses fatores permitem que os buracos negros sejam diferenciados de outros corpos celestes.

O grupo de pesquisadores já havia identificado anteriormente nove candidatos a buracos negros na região. Com as descobertas recentes, esse número vai para 35. Sete deles se encontram a até 1.000 anos-luz do centro de Andrômeda – mais do que o número de candidatos a buracos negros com propriedades similares próximos do centro da Via Láctea. Para os pesquisadores, isso ocorre pelo fato de que a concentração de estrelas no centro da galáxia vizinha é maior, o que permite a formação de mais buracos negros.

O novo estudo confirma previsões feitas anteriormente com uso do Chandra, sobre a origem das fontes de raios-X localizadas no centro de Andrômeda. “Nós estamos particularmente animados em ver tantos candidatos a buracos negros próximos ao centro da galáxia. Nós estávamos procurando por eles havia anos”, afirma Barnard.

Leia também:

Pesquisadores registram jato saindo de buraco negro

Astrônomos flagram buraco negro devorando estrela