Clique e Assine por apenas R$ 0,50/dia

‘Arco-íris noturno’, o incrível efeito da última superlua

O fenômeno acontece quando a luz da Lua é refletida em gotículas de água presentes na atmosfera depois da chuva ou neblina

Por Da redação Atualizado em 20 out 2016, 17h00 - Publicado em 20 out 2016, 15h39

Durante a superlua do último domingo, um tipo diferente de arco-íris apareceu no céu de North Yorkshire, condado da Inglaterra. Em inglês, moonbow, ou arco-íris lunar, o fenômeno acontece quando a luz da Lua é refletida em gotículas de água presentes na atmosfera depois de chuva ou neblina. Com isso, as cores do espectro de luz são separadas, criando um incrível arco-íris em meio à noite.

  • O satélite natural da Terra não produz luz própria – seu brilho é reflexo da luz do Sol. Por isso, o arco-íris lunar não costuma ser tão intenso quanto o fenômeno que ocorre durante o dia. O fotógrafo Ben Gwyne, que registrou a imagem acima, provavelmente só conseguiu captá-la porque uma superlua iluminava o céu.

    A superlua ocorre quando o perigeu lunar – ponto da órbita em que o satélite está mais perto da Terra – coincide com a fase cheia da Lua. Durante esse evento, o satélite fica 30% mais brilhante e isso ajudou a intensificar a cores do arco-íris lunar. O moonbow pode acontecer também se a Lua estiver na fase crescente – mas é necessário que haja bastante luminosidade.

     

    Continua após a publicidade
    Publicidade