Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Água entra em capacete de astronauta após caminhada espacial

Relato do americano Terry Virts aumenta preocupação sobre a segurança dos trajes espaciais da Nasa; em 2013, italiano quase se afogou na roupa

O americano Terry Virts, um dos astronautas a bordo da Estação Espacial Internacional (ISS, na sigla em inglês), informou que houve acúmulo de água no seu capacete após concluir uma caminhada espacial nesta quarta-feira. O relato aumentou as preocupações sobre a segurança dos trajes espaciais da Nasa.

Virts deixou a ISS às 9h (horário de Brasília) ao lado do astronauta Barry “Butch” Wilmore com o objetivo de instalar equipamentos necessários para acoplar cápsulas comerciais tripuladas à estação. A caminhada terminou às 15h34 (horário de Brasília). Quando a dupla retornou à ISS e estava na câmara de descompressão, a astronauta italiana Samatha Cristoforetti informou ao centro de controle da missão em Houston, nos Estados Unidos, que havia um pouco d’água “na parte frontal do capacete [de Virts], na altura dos olhos”.

De acordo com a Nasa, contudo, “os tripulantes nunca correram qualquer risco”. A agência afirmou ainda que “a equipe está analisando a situação para confirmar a origem do problema”.

Leia também:

Brasileira está entre 100 finalistas de missão para colonizar Marte

Boeing será primeira empresa comercial a levar astronautas à ISS

Segurança – Rob Navias, comentarista da Nasa, disse que o problema não é “tão sério” quanto o do astronauta italiano Luca Parmitano. Em 2013, durante uma caminhada espacial, Parmitano percebeu que seu capacete estava se enchendo de água e quase se afogou. Ao entrar na ISS, a água já cobria o seu nariz.

Na semana passada, a Nasa informou que seus engenheiros estavam preocupados pelos problemas frequentes nos sistemas de controle de temperatura dos trajes espaciais, entre eles a água e a condensação.

Wilmore e Virts efetuaram a primeira caminhada espacial no sábado. A terceira e última está prevista para o próximo domingo.

(Com AFP)