Assine VEJA a partir de R$ 9,90/mês.

Acordo sobre declaração final da cúpula Rio+20 (diplomata)

Por vanderlei almeida - Atualizado em 6 maio 2016, 16h33 - Publicado em 19 jun 2012, 13h46

Os negociadores chegaram a um acordo sobre a declaração final que será submetida aos líderes mundiais reunidos a partir de quarta-feira no Rio de Janeiro na cúpula da ONU Rio+20 sobre desenvolvimento sustentável, disse nesta terça-feira um diplomata, que pediu o anonimato.

“Foi adotado e será ratificado pelos chefes de Estado e de Governo”, indicou a fonte.

Após meses de discussões lideradas pela ONU que não alcançaram consenso, o Brasil, país anfitrião, assumiu no sábado as rédeas da negociação e apresentou nesta terça-feira um projeto de declaração final em uma reunião plenária.

A delegação europeia havia criticado o texto por ser pouco ambicioso e por representar “um retrocesso do multilateralismo”. A União Europeia propôs uma versão alternativa de vários parágrafos.

Publicidade

Ainda não foram divulgadas as eventuais modificações realizadas no texto pelos brasileiros.

Várias ONGs ambientalistas também consideraram o texto apresentado nesta terça-feira às delegações um fracasso.

Cerca de cem chefes de Estado e de Governo começava a chegar nesta terça-feira ao Rio de Janeiro para a cúpula Rio+20, a maior conferência já realizada na história da ONU, com cerca de 50 mil participantes.

Publicidade