Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

A impressionante trajetória do inovador Discovery

Nave mais viajada da Nasa, o ônibus espacial Discovery chegou nesta quinta-feira a um museu, onde ficará em exibição após 27 anos de uma carreira inovadora em muitos sentidos.

A seguir, alguns dados sobre o ônibus espacial e uma compilação de seus momentos mais memoráveis:

– Sua primeira missão, a STS-41D, em 30 de agosto de 1984, levou seis astronautas para a órbita terrestre.

– Completou 39 missões, mais do que qualquer outra nave espacial.

– Viajou mais de 230 milhões de quilômetros.

– Passou 365 dias no espaço.

– Pôs em órbita o telescópio espacial Hubble, em abril de 1990.

– Foi duas vezes o primeiro ônibus espacial a retornar ao espaço depois de uma tragédia: em 1988, depois que o Challenger explodiu em 1986, e novamente em 2005, depois que o Columbia se desintegrou em 2003.

– É o mais antigo da frota de três ônibus espaciais, após o desaparecimento do Columbia e do Challenger, que eram mais antigos que ele.

– Foi o primeiro ônibus espacial a ser pilotado por uma mulher, Eileen Collins, em 1995.

– Foi o primeiro ônibus espacial a ser comandado por uma mulher, novamente Eileen Collins, em 1999.

– Levou o primeiro astronauta afro-americano a realizar uma caminhada espacial, Bernard Harris, em 1995.

– Levou ao espaço o primeiro membro do Congresso americano, o senador Jake Garn, em 1985.

– Levou o atual senador americano e astronauta aposentado John Glenn ao espaço em 1998 como membro da tripulação da missão STS-95, 36 anos depois de seu voo pioneiro no Projeto Mercury.

– Entregou parte do laboratório japonês Kibo à ISS em 2008.

– Foi o primeiro ônibus espacial a se encontrar com a estação russa Mir, em 1995.

– Passou por 99 atualizações.

– Transportou um total de 180 pessoas.