Clique e assine com 88% de desconto

À espera da Copa, astronautas jogam futebol no espaço

Tripulação da Estação Espacial Internacional deseja sorte às seleções

Por Da Redação - Atualizado em 6 maio 2016, 16h11 - Publicado em 12 jun 2014, 03h18

A Fifa calcula que Brasil e Croácia, a partida inaugural da Copa, deva atrair uma audiência de 1 bilhão de pessoas nesta quinta-feira. Mas quando a bola rolar no gramado do Itaquerão, às 17 horas, seis telespectadores estarão necessariamente fora dessa conta embora não pretendam desgrudar os olhos da televisão. Dos 370 quilômetros de altitude da Estação Espacial Internacional (ISS), os astronaustas Steve Swanson, Oleg Artemyev, Alexander Skvortsov, Reid Wiseman, Alexander Gerst e Max Suraev são a prova viva de uma admirável constatação: a Copa do Mundo não será assistida apenas no mundo.

Leia também:

No Itaquerão, está tudo pronto para a festa. Ou quase tudo

Croácia já avisa: a estreia não será nada fácil para o Brasil

Publicidade

Conheça o robô do pontapé inicial da Copa do Mundo

O americano Swanson, comandante da missão atual, gravou um vídeo em companhia do compatriota Wiseman e do alemão Gerst – devidamente trajado com a camisa de sua seleção – para desejar um bom torneio aos times, pedir que a paz prevaleça durante os jogos e mandar um recado: vão assistir à Copa direto do espaço. Apesar da Alemanha ser apontada como uma das favoritas a levantar a taça, Gerst é diplomático: “Que o melhor time vença”.

Terminada a “preleção”, os astronautas demonstram que qualquer um pode ostentar muita bola no pé, desde que auxiliado pela baixa gravidade. Depois de exibir uma bicicleta sideral, o comandante Swanson dá início a uma linha de passe com os demais integrantes da tripulação pelas apertadas dependências da estação espacial. A jogada terminaria com o primeiro voleio registrado na órbita terrestre não fosse a intervenção com as mãos do astronauta da Alemanha – a defesa não impressiona muito para quem tem como referência embaixo das traves o goleiro Manuel Neuer, o mais citado como melhor do mundo, mas cai à perfeição para os craques da Nasa sairem de cena.

Publicidade

Publicidade