Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Vítima de acidente em estádio de Brasília é resgatada

Operário trabalhava em obra no Mané Garrincha e ficou por mais de três horas debaixo dos escombros. Governador visitou feridos no hospital

O quinto homem ferido no acidente ocorrido no estádio Mané Garrincha, em Brasília, foi resgatado na noite desta segunda-feira depois de ficar por mais de três horas debaixo dos escombros. O operário estava consciente quando foi salvo pelo Corpo de Bombeiros.

Os feridos foram atendidos no Hospital de Base do Distrito Federal.

O governador do Distrito Federal, Agnelo Queiroz, visitou os trabalhadores na noite desta segunda-feira. “Eles estão bem. Somente o operário que foi resgatado por último terá que passar por uma cirurgia, pois teve uma perna fraturada”, disse Queiroz, ao lado do diretor do hospital, Julival Ribeiro, segundo informações do site do jornal Correio Braziliense. A Secretaria de Saúde do Distrito Federal informou que eles não têm previsão de alta.

O governo distrital também emitiu uma nota, informando que vai solicitar ao Consórcio Brasília 2014, responsável pela execução da obra, a adoção de todas as providências que se fizerem necessárias para apuração dos fatos

Copa 2014 – O complexo esportivo está em obras para abrigar jogos da Copa do Mundo de 2014. O acidente ocorreu pouco depois das 17 horas. A viga central que sustentava uma laje cedeu e os operários caíram de uma altura de aproximadamente quinze metros. Os bombeiros informaram que vão realizar uma perícia ainda nesta semana para verificar o que exatamente ocorreu.

A obra está suspensa até que sejam concluídas as investigações.

Segundo Magno Antônio dos Santos, 31 anos, operário no estádio, que é primo de um dos acidentados, a estrutura ruiu rapidamente, levantando bastante poeira. Magno, que acompanhou o primo até o hospital, disse que o desmoronamento foi uma “fatalidade”. Ele afirmou que destacando que a equipe realiza diariamente treinamento de segurança.

O convênio Brasília 2014, que administra a obra, disse, em nota, que está investigando as causas do acidente.

(Com Agência Estado)