Clique e assine a partir de 9,90/mês

Vídeo: Lula apoiou Odebrecht em Angola pelos U$ 40 mi, diz Emílio

Emílio Odebrecht, dono da maior empreiteira do país, pediu pessoalmente a Lula aumento de uma linha de crédito que financiava obras em Angola

Por Daniel Pereira, Felipe Frazão, Hugo Marques, Marcela Mattos, Renato Onofre, Robson Bonin, Rodrigo Rangel, Thiago Bronzatto - Atualizado em 12 abr 2017, 22h24 - Publicado em 12 abr 2017, 17h59

Emílio Odebrecht, dono da maior empreiteira do país, disse em depoimento à força-tarefa da Lava-Jato que pediu pessoalmente ao então presidente Luiz Inácio Lula da Silva o aumento de uma linha de crédito que financiava obras em Angola. O pleito foi atendido e, como de costume, resultou na concessão de uma generosa contrapartida. Conforme revelado por VEJA, Marcelo Odebrecht contou ao juiz Sergio Moro que Lula pediu 40 milhões de dólares à Odebrecht em troca do atendimento dessa demanda.

Publicidade