Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Vaccarezza critica multa contra a Chevron

Por Denise Madueño

Brasília – O líder do governo na Câmara, Cândido Vaccarezza (PT-SP), criticou o Ministério Público por ter solicitado à Justiça a aplicação de multa de R$ 20 bilhões à petroleira norte-americana Chevron pelo vazamento de petróleo. “É esquisito o Ministério Público cobrar R$ 20 bilhões de multa. Não é função do Ministério Público entrar no valor da multa”, disse Vaccarezza. “O promotor estudou (o vazamento)? Viu o estrago? As pessoas têm de ter razoabilidade”, continuou o líder governista.

Vaccarezza afirmou não considerar normal a multa e questionou se a empresa ganhou todo esse lucro durante o período em que trabalha no Brasil. “É como se uma pessoa tivesse de pagar R$ 1 bilhão ou R$ 50 milhões, porque bateu em um poste”, comparou.

O Ministério Público Federal de Campos, no Rio de Janeiro, pediu à Justiça Federal que a Chevron e a empresa Transocean paguem indenização de R$ 20 bilhões por danos ambientais e sociais causados pelo derramamento de óleo no Campo de Frade (Bacia de Campos) no mês passado. Segundo o MP, as empresas não foram capazes de controlar os danos causados pelo vazamento de cerca de 3 mil barris de petróleo e demoraram a fechar o poço.