Clique e assine com 88% de desconto

Tumulto na estação da Luz paralisa Linha-1 Azul

PM chegou a ser acionada por causa de suposto tiroteio. Metrô diz que policial sacou arma durante discussão e provocou pânico nos passageiros

Por Da Redação - 11 out 2012, 20h19

Um tumulto na estação da Luz, no centro de São Paulo, interrompeu as operações da Linha 1-Azul no início da noite desta quinta-feira. Há relatos de que um tiro foi disparado dentro da estação, o que provocou pânico entre os usuários.

Segundo o Metrô, que administra a linha que passa pela estação da Luz, funcionários relataram que o tumulto começou quando um passageiro e um policial militar discutiram na estação. Ainda segundo o Metrô, o PM sacou a arma e usuários que estavam em volta saíram correndo, em pânico. O Metrô não sabe se algum tiro chegou a ser disparado nem o motivo da discussão entre o policial e o passageiro.

Logo após a correria, carros da PM chegaram ao local e policiais entraram na estação. Segundo a PM, a suspeita de que tenha havido um tiroteio foi uma “alarme falso”.

Na confusão, uma grávida caiu no chão e sofreu ferimentos leves. Ela acabou socorrida pelo Corpo de Bombeiros.

Publicidade

As operações da linha chegaram a ser interrompidas por cerca de meia hora devido à suspeita de que algum passageiro tivesse descido até os trilhos para fugir da confusão. Às 19h45, a circulação de trens voltou ao normal na estação da Luz.

Publicidade