Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Três policiais de UPP são baleados em duas favelas

Sargento e soldado feridos no Alemão foram atingidos após receber denúncia sobre venda de drogas. No São Carlos, PM foi atacado durante patrulhamento

Três policiais de duas Unidades de Polícia Pacificadora (UPP) foram baleados desde a noite de sexta-feira. Um soldado da UPP do Morro do São Carlos, no Estácio, na Zona Norte do Rio, foi atingido no braço durante patrulhamento de rotina. No Complexo Alemão, Zona Norte da cidade, um soldado e um sargento foram feridos durante confronto com traficantes.

A dupla havia recebido uma denúncia anônima sobre venda de drogas na favela Nova Brasília, que integra o complexo. E foi atacada, na noite de sexta-feira, ao chegar ao local indicado como ponto de venda de drogas. Atingido no tornozelo, o sargento foi levado para o Hospital da Polícia Militar. O soldado foi ferido de raspão na mão esquerda. No Morro São Carlos, o ataque ocorreu no início da manhã deste sábado.

Em nota, a assessoria da PM informou que as sedes das UPPs não foram atacadas e que os casos estão sendo investigados. O comando da UPP do Alemão afirmou que não descarta hipótese de os policiais terem sido vítimas de uma emboscada. A PM reforçou o policiamento nas imediações das duas favelas e procura os criminosos que fizeram disparos.

Tiros no Alemão – Em maio, traficantes do Complexo do Alemão, considerado pacificado pelo governo desde novembro de 2010, atiraram contra a sede da UPP minutos antes do início da corrida Desafio da Paz, uma competição de rua que teve a presença do secretário de Segurança, José Mariano Beltrame. Os disparos assustaram os corredores e atrasaram o início da prova. Um homem, acusado de efetuar os disparos, foi preso dias depois.

Leia também:

O medo de volta ao Complexo do Alemão

Preso suspeito de atirar contra UPP no Alemão